Nossa Simbologia

Uma introdução ao ideário virista.

Símbolos

Valknut

11693824_735416959901684_6422025606948504708_n

Dever, Justiça, Lealdade, Honra e Respeito ( as 5 estrelas)

O Valknut de cabeça para baixo é nosso símbolo, que junto com a Plutão¹ e lobo, fará parte de uma das formas de identificar o Clube dos Homens. As estrelas permanecem com o mesmo significado:

A novidade se encontra no valknut de cabeça de para baixo. Valknut é símbolo da mitologia germanica. Também chamado de Nó dos Enforcados ou Nó dos Escolhidos, têm como significado a morte e seus mistérios. Valr quer dizer morte e Knut nó.

Seja a vida e a morte, o renascimento dela e a sua redenção. Para nós, membros, é o renascimento e surgimento de um novo homem.

Acreditamos na medida inspiradora como forma de reciprocidade de força e direção de um ideal concreto. A estética, assim como toda a causa, é importantíssima para o florescimento e propagação de nossa organização. Em meio a tatuagens de membros, adesivos em carros e panfletagem pela a cidade, tentamos criar uma imagem convidativa e inspiradora aos olhos curiosos que buscam crescer como pessoa e mudar o mundo.

Lobo

Por que usamos o lobo como parte da nossa simbologia?

Simbolo de furtividade, sagacidade e irmandade, o lobo é astuto e observa sua presa a fim de encontrar o momento certo de ir ao ataque. Em vida, nossas metas precisam ter planejamento e foco. Um tiro certeiro vale mais que uma rajada aleatória.

Lobos são lembrados como animais pragmáticos, fazem o que for preciso para alcançar seus objetivos. Sabem trabalhar em equipe e o melhor, também sabem agir por conta própria. Reconhecem a importância do coletivo e da ajuda recíproca que possui de uma alcateia, mas não se amedrontam quando ficam sozinhos na escuridão da floresta, pois eles sabem do que são capazes. Sabem que ninguém poderá lhes fazer mal a menos que deixem.

12032363_990643184313023_1331920181_n

Membro tatuado com Valknut de cabeça para baixo.

O lobo não é bom ou ruim, ele faz o que precisa ser feito por um bem maior, para o bem da alcateia dele. O lobo vive uma eterna luta como nós vivemos a nossa eterna batalha. Com a sociedade medíocre de hoje que escraviza os mais fracos de espírito. Aquele que é lobo permanece de pé, trilhando seu próprio caminho com convicção e lealdade.

O lobo possui a ferocidade quando protege. Por isso é tão temido. Pode realmente ser uma fera assassina se o que ele guarda for ameaçado. No Japão ele é invocado para guardar locais. O simbolismo da proteção também surge na loba de Rômulo e Remo, que também remete à fecundidade. Na Sibéria, Turquia e Anatólia, uma loba é invocada para dar fecundidade às mulheres. Na Grécia antiga e em Roma, o animal era o consorte de Ártemis, a caçadora, que carinhosamente amamentava os heróis.

Ao mesmo tempo, ele representa o sentido de união. Os lobos caçam em grupos, são fiéis e monogâmicos, possuem uma parceira para a vida toda. Uivam para marcar território, lamentar uma perda, pedir ajuda ou só por diversão. Sabedorias antigas nos contam que foi o lobo que nos ensinou como criar a comunidade sobre a Terra, pois os lobos têm um conhecimento intuitivo de levar ordem em meio do caos.

“O lobo talvez mude a pele, mas nunca a alma.”

Plutão

Plutão é um Deus da mitologia romana, encarregado do submundo. Todos sabem o nome, conhecem, mas não sabem a sua verdadeira história, ou de onde realmente veio. Esta é uma grande visão do simbolismo. Profundo, escuro, misterioso, desconhecido. Plutão gerencia um domínio completamente escondido de nossa realidade comum e visão física. Ao contrário do que é creditado a Hades, a concepção de Submundo de Pluto é mais positivo e humanista. Não se trata de inferno, mas de algo espiritual.

Capacete de invisibilidade do Plutão (o círculo) e um bident (o arco sob o círculo), também um atributo típico de Plutão.

Capacete de invisibilidade do Plutão (o círculo) e um bident (o arco sob o círculo), também um atributo típico de Plutão.

O símbolo e a lenda trata de áreas da vida que estão conectadas com a interrupção, transformando questões em controle, e lutas em poder. O símbolo de Plutão é formado pelo círculo que simboliza o espírito, o crescente que simboliza a receptividade e a cruz que representa a matéria. Uma mensagem clara a transcendência como objetivo. O símbolo traça também sobre receptividade espiritual e coisas que estão acima do mundo físico. No entanto, o símbolo não é tipicamente usado nos tempos modernos.

O planeta Plutão representará a psique profunda e o poder oculto. Ele simboliza a eliminação, a paixão e o distanciamento. Representa a regeneração, a transformação e o pensamento. Ele simboliza o renascimento, a descoberta e as sombras. Plutão será responsável pelas pessoas terem uma epifania depois de terem sido presas por um longo tempo.

Plutão se preocupará em ser distante, misterioso e oculto.

Sendo posto como protetor do submundo, como incumbência, podemos pensar que Plutão se deu muito mal nessa história toda e acabou ficando com a pior das heranças. Mas engana-se quem pensou assim. Ao contrário do que muitos pensam, Plutão se tornou herdeiro de muitas coisas boas e valiosas, já que é embaixo da terra que se encontram os minérios mais preciosos e valiosos e isso os outros deuses não pensaram ao menosprezar o legado que veio a Plutão. Além disso, a terra é fértil, tudo o que lá por plantado, nascerá. O real sustento da vida está no subsolo do mundo. A energia de Plutão nos dá força, poder da transformação e da atitude.

Mente (crescente) transcendendo a matéria (cruz) para alcançar o espírito divino (círculo).

Mente (crescente) transcendendo a matéria (cruz) para alcançar o espírito divino (círculo).